Image Map

A Evolução de Calpúrnia Tate- Jacqueline Kelly

    Bom dia, galera! Tudo bem?
    A resenha de hoje está super especial, assim como o livro dela. Confesso que ri muito com Calpúrnia, assim como chorei com ela. Aproveitei cada letra e a absorvi como se fosse o último livro que eu fosse ler, porque ele é verdadeiramente magnífico. 
    Realmente espero que vocês gostem desse livro tanto quanto eu gostei.
    Não deixe de lê-lo.


A Evolução de Calpúrnia Tate
Autora: Jacqueline Kelly
Idioma: Português
Editora: Única
Número de páginas: 384
Gênero: Ficção
Classificação: ★★★★


Superou minhas expectativas. 

   Calpúrnia Virgínia Tate é uma garotinha de onze anos que vivia em uma fazenda no Texas, com sua grande família, no ano de 1899. 


   A única menina de 7 filhos, Callie, como era conhecida, ganhou de presente do seu irmão mais velho, Harry, uma caderneta vermelha de anotações, e assim começou sua vida como naturalista.



   Callie, como curiosa observadora que é, buscava entender os simples acontecimentos da natureza, e perguntas como 'por que?', 'como?', e 'quando?' eram cada vez mais frequentes. Para achar tais respostas, Callie precisaria de ajuda, e é aí que o vô Walter entra.

   Walter Tate, era respeitado por toda família. Reservado em seu laboratório, praticamente o tempo todo, ele era quase um desconhecido para Callie. Porém, depois de uma descoberta sobre os gafanhotos amarelos e verdes, a garotinha decide contar o acontecimento ao seu avô, que também era apaixonado pelos grandes feitos da natureza.

"- [...] Em Comportamento, eles fazem a gente andar em volta da sala com um livro sobre a cabeça.
Vovô disse: -Acho que ler o livro de verdade é um jeito muito mais eficiente de absorvê-lo." -Página 121

   Capitão Walter, ex combatente de guerra, adorando ter uma ajudante curiosa e uma companhia para as horas de pesquisa, foi se tornando cada vez mais amigo de Callie, e a neta ficava cada vez mais admirada pelo seu avô. Um maravilhoso companheirismo foi surgindo, e os dois passavam cada vez mais tempo juntos, descobrindo novas maravilhas da natureza e aprimorando seus conhecimentos científicos (sempre relatando tudo em sua caderneta).

    Em uma das excursões até o rio perto da sua casa, Callie e vô Walter descobriram uma espécie de ervilhaca que não era registrada em livros, assim, pensaram que poderia ser uma nova planta descoberta por eles mesmos, realizando o sonho de vô Walter. Enviaram a ervilhaca até o órgão responsável, para comprovar se era realmente uma nova descoberta, e, vô Walter juntamente com Callie, ficaram ansiosíssimos pela resposta.

    Quem não estava gostando nada dessa amizade toda, era a mãe de Callie, que, tendo apenas uma filha mulher, sonhava em uma vida de 'melhor dona de casa' para a garota, diferentemente do que a própria Callie queria, que era entrar na universidade e se tornar uma cientista. Cada vez mais, a mãe de Callie a pedia para fazer mais bordados e cozinhar mais pratos, assim, a garota ficou mais distante do seu avô. 

   Já era inverno e Calpúrnia, agora uma garotinha de 12 anos, lidava com a crise do bordado quando uma carta chegou dizendo se a ervilhaca era (ou não) uma nova planta.
   Um novo século estava chegando, e com ele, tudo era possível.

   Callie vai debutar e casar, ou entrar para faculdade? A ervilhaca é uma nova descoberta? Walter e Callie vão voltar a fazer expedições pelo quintal de casa? A garota vai conseguir cumprir todos os tópicos da sua lista de coisas para fazer antes de morrer? Será que Callie conseguirá cozinhar um biscoito possível de ser mastigável? Essas respostas você encontra lendo 'A Evolução de Calpúrnia Tate', o livro da Única Editora que vai mudar seus conceitos sobre borboletas e mariposas.


Não tinha dúvidas que iria gostar do livro, mas confesso que me surpreendi com ele.
Calpúrnia é uma garota a frente do seu tempo, e aprende com seu avô uma das maiores lições do livro, você pode ser o que quiser independente de sexo. Em uma sociedade de 1889 uma garota se tornar uma cientista era uma em um milhão, e tudo o que Callie queria era independência, poder viver por ela mesma sem a necessidade de um marido. Uma prova que as mulheres são autossuficientes, e a quebra da imagem vulnerável que era usada para o perfil de mulher da época.

"A arte tem subtítulos que não podem ser apreendidos com a mera leitura de um folheto." -Página 114

Outro ponto que me chamou atenção no livro, foi o depoimento do vô Walter sobre a guerra, contando detalhadamente as cenas, o que choca alguma das pessoas que leem e gera mais uma reflexão.

Achei o uso de um personagem idoso extraordinariamente interessante. Não são muitos os livros que trazem uma pessoa de idade, ainda mais como o vô Walter, inteligente e divertido, praticamente o herói da história.

Levemente descontraído, A Evolução de Calpúrnia Tate tem partes hilariantes, e posso afirmar que foi um grande ano para uma garotinha de 12 anos.
A diagramação está estupidamente linda. Não preciso nem comentar, não é?
Poderia passar horas aqui falando sobre o quanto eu amei esse livro.

O final é surpreendente e foi impossível desgrudar do livro. Quando passei a última página, confesso que chorei. Abracei o livro e dormi com ele. Simplesmente não podia ter acabado. Estou ansiosíssima para a continuação, vamos cruzar os dedos e esperar pra ver se a Única irá publicá-lo.

"Até que ponto você está disposta a ir em nome da Ciência?" -Página 129


ACESSE A BAIXO OS PERFIS SOCIAIS DA EDITORA GENTE/ÚNICA:

Beijocas da Jay

53 comentários:

  1. Gostei da resenha, já coloquei na minha lista.. kkkk
    Não sei quando vou poder comprar..
    beijos.

    www.sobrevicios.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Tudo bem?
      Que bom que você gostou!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  2. Heey!
    O livro parece ser excelente! Adorei a premissa e sua resenha me deixou com muita vontade de lê-lo ^^
    Abraços!!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gui! Tudo bem?
      Não esqueci do banner não, viu? Logo logo eu mando.
      Que bom que gostou do livro!
      Obrigada!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  3. Meu Deus, estou encantada com essa capa de "A Evolução de Calpúrnia Tate". Ainda não li nada da autora, mas a história parece ser bem interessante. Espero poder ler algum dia.
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale! Tudo bem?
      Eu também adorei a capa!
      Obrigada!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  4. A história é encantadora pelo que vi aqui. Você conseguiu me deixar curiosa a respeito dessa personagem tão vivaz e diferente. A trama tem tudo pra me agradar. Agora é providenciar o livro pra poder curtir a Callie.
    Beijos.
    Elizabeth Machado de Salles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth! Tudo bem?
      Estou apaixonada pela protagonista.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  5. Bem interessante. Ainda não li nada desta autora; quem sabe este!!
    Boa tarde!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sâmi! Tudo bem?
      Esse foi o primeiro livro dessa autora que eu li, e adorei!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  6. Respostas
    1. Oi Marta! Tudo bem?
      Que bom que gostou!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  7. Não imaginava que o livro fosse tão intenso e confesso que me surpreendi gostei muito da sua resenha =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Clarice! Tudo bem?
      Obrigada!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  8. Gostei muito da resenha! o livro parece ser muito bom

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito da resenha! o livro parece ser muito bom

    ResponderExcluir
  10. Ótima resenha, apesar de não gostar muito de livros que se passam no século passado, vou dar uma chance a esse <3

    ResponderExcluir
  11. Pela resenha, parece ser um livro interessante. Não conhecia ainda essa editora, os livros devem ser bem maneiros!
    bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz! Tudo bem?
      O livro é muito bom. E a editora melhor ainda! <3

      Beijocas da Jay

      Excluir
  12. Parece minha avó, 7 filhos dentre eles só uma filha! Faz tempo que quero ler esse livro, e agora ainda mais ao saber que não dá para desgrudar dele e que o final é surpreendente. Isso é tudo que esperamos de um livro né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju! Tudo bem?
      Isso é o que mais gosto em um livro, sem dúvidas.
      Muito original.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  13. Adorei a resenha, estou loca par comprar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mariana! Tudo bem?
      Espero que leia, e goste tanto quanto eu.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  14. Jay!
    A personagem realmente parece bem a frente de seu tempo.
    Gosto de livros ambientados no século XIX, tem muita coisa diferente do nosso tempo: sociedade, roupas, paisagens...e ver uma protagonista ousada, me inspira e me deixa curiosa pela leitura do livro.
    “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.”(Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy! Quanto tempo! Tudo bem?
      Também amo livros que remetem a outra época.
      Que bom que gostou!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  15. Adorei a resenha! Pra começar já amei o fato de a história toda acontecer no ano de 1899, adoro livros onde as histórias são passadas em épocas distantes, isso me fascina de uma forma indescritível! Estou louca pra ler! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Janaynna! Tudo bem, flor?
      Que bom que você gostou! Muito obrigada!
      A história é muito boa, realmente.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  16. Parece ser um livro leve e divertido!
    Só pela capa fiquei com vontade de ler! parece ser uma gracinha!

    Miquilis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bru! Tudo bem?
      A capa está perfeita mesmo.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  17. O livro nos trás uma refletiva maravilhosa sobre a vida: sobre os detalhes! O que Callie me deixou foi que devemos sempre nos encantar com as pequenas coisas pois essas sim são grandiosas. Já falei aqui em alguns posts que amo essa simplicidade, principalmente da natureza, pois tudo sempre se encaixa por mais torto que esteja. Uma lição para a vida toda:uma criança com uma alma leve, feliz e curiosa, e claro, apreciadora das coisas simples e lindas da vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sol! Tudo bem?
      É bem isso. Eu me encantei por cada página.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  18. Adoro histórias de ficção, e pela resenha essa faz viajar totalmente. E o livro abortar sobre a liberdade da mulher fazer o que quiser, torna ainda melhor. Listado!

    Beijo beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa! Tudo bem?
      Ficção é o meu gênero preferido.
      Vale a pena, ler. Espero que goste!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  19. Pelo muito que cê fala desse livro no colégio, deve ser foda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OOOOOOOOOOOOI MIGS!
      (Olha o dia que a criança vem responder os comentários da resenha).
      O livro é realmente muito foda. Vou te emprestar, e você vai amar. #2bj

      Beijocas <3

      Excluir
  20. Adorei a capa! Fiquei super curiosa para ler! Adoraria ganha-lo!
    lucianesperez@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciane! Tudo bem?
      A diagramação está linda, mesmo.
      Recomendo a leitura.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  21. Aiiii que fofo! Amei!
    Amo livros com crianças e esse parece ser superinteligente, bem escrito e bem desenvolvido!!
    A história também é interessante e beeeem diferente do que estou acostumada a ler!!
    Além da capa ser incrível!!
    bjãoo
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana! Tudo bem?
      O mais legal é porque não é nada convencional.
      É incrível mesmo! <3

      Beijocas da Jay

      Excluir
  22. Quero comprar esse livro já tem um bom tempo, ele foi recomendado na livraria pela vendedora e acabei dando de presente a uma amiga, que me disse depois que amou a leitura e super recomenda. Adoro essas leituras que retratam personagens a frente de seu tempo, com ideias modernas, que lutam contra preconceitos da sociedade e ideias muito conservadoras. Além disso, a mistura de ficção com biologia é super bacana, é uma proposta diferente, inovadora até. Adorei a resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara! Tudo bem?
      Sobre o amor por personagens visionários ---- <33333
      Hahahaha Espero que leia e goste!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  23. Não conhecia a obra, confesso que fiquei bastante surpresa com a resenha. Vou preparar os lenços de papel para a choradeira do final kkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Andressa! Tudo bem?
      Hahahahahaha Pode preparar!
      Que bom que gostou da resenha.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  24. Gostei muito da resenha, você escreve muito bem...parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lidi! Tudo bem?
      Obrigada, flor!

      Beijocas da Jay

      Excluir
  25. Oii!
    O livro parece ser bem apaixonante, embora tenha a ver com ela se tornar uma cientista e tudo mais. Tbm gostei muito da ideia do vô dela estar presente, e ter essa relação de vô+neta no livro parece ter sido muito bom mesmo.
    Vou procurar ler um dia. Gostei rs
    Abraçooo! E parabéns pela resenha! Beijo! :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sara! Tudo bem?
      Obrigada, flor! Que bom que gostou!
      O livro é muito bom. Vale a pena.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  26. O livro parece ser muito fofo!! Callie tem personalidade, uma pessoa que busca conhecimento e que para isto conta com a ajuda de seu avô. Gostaria muito de conhecer esta história, ver se a protagonista consegue alcançar seus objetivos e realizar seus sonhos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Francisca! Tudo bem?
      Isso mesmo! Espero que goste do livro.

      Beijocas da Jay

      Excluir
  27. Já vai pra lista de desejos!
    Rir e chorar com um livro é a melhor coisa. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Tudo bem?
      Hahaha. É bem assim!

      Beijocas da Jay

      Excluir